Fora do Corinthians há quase dois meses, Adriano esteve no banco de reserva do clube no duelo contra o Emelec pelas oitavas de final da Libertadores. Na verdade, a presença do Imperador no duelo foi uma gafe do site da Conmebol.

Em um placar que trazia as escalações de titulares e reservas da entidade, Adriano aparecia com a camisa número 10 e no banco de reservas corintiano.

Na verdade, o responsável por vestir a camisa de número 10 agora é o jovem zagueiro Marquinhos que foi inscrito na vaga do Imperador.

Sem mais artigos