O São Paulo recebeu nesta terça-feira (02) a decisão da Conmebol sobre o recurso apresentado para tentar eliminar a sanção de quatro jogos da Libertadores a Luis Fabiano. Nela, a confederação manteve a punição ao atleta, expulso ao fim do jogo contra o Arsenal de Sarandí, no Pacaembu, no último dia 7 de março.

O motivo da punição seria uma agressão verbal do atacante ao árbitro da partida quando o jogo já havia terminado. Na ocasião, o time brasileiro empatou em 1 a 1 e se complicou na competição.

Desta forma, o camisa 9 só poderá voltar se o São Paulo avançar às oitavas de final, e somente no jogo de volta. Ele já cumpriu a suspensão automática contra os mesmos argentinos e o clube tem mais dois jogos nesta primeira fase.

Assim, ele ficará de fora dos importantes duelos contra o The Strongest, em La Paz, quarta-feira (03), e Atlético-MG, dia 17.

 

 

Sem mais artigos