Conheça os candidatos a vilão da Copa das Confederações

| Créditos: Divulgação/Site Oficial
| Créditos: Getty Images
| Créditos: Reprodução/Site Oficial Napoli
| Créditos: efe
| Créditos: efe
| Créditos: efe
| Créditos: Getty Images
Neymar: Principal estrela da Seleção Brasileira, o atacante Neymar também tem um grande potêncial para se tornar o vilão brasileiro no torneio. Caso o Brasil fracasse na competição, e o craque não apresente um bom futebol, como aconteceu nos Jogos Olímpicos de Londres, a responsabilidade poderá cair sobre o jovem | Créditos: Getty Images

Disputada há 21 anos, a Copa das Confederações, competição considerada uma espécie de teste para a Copa do Mundo, que desde 2001 é disputada no mesmo país que abrigará o mundial de seleções, sempre teve seu vilão em todas as oito edições realizadas até aqui. Como o goleiro argentino Lux, no título do Brasil em 2005, na Alemanha, ou mesmo Roni, ex-Fluminense, que mesmo marcando gol na final contra o México, em 1999, foi colocado como um dos vilões por estar jogando na Série C e ter sido lembrado por Parreira na oportunidade. 

E no oitavo especial do Virgula Esporte sobre o torneio entre seleções, destacamos na galeria acima uma lista com os principais nomes que estarão na competição e apresentam chances de serem os vilões da seleção brasileira na Copa das Confederações.


Neymar, Felipão, Iniesta e Casillas são alguns dos grandes candidatos a vilão da seleção na primeira edição da Copa das Confederações em território brasileiro, que acontece do dia 15 de junho ao dia 30 do mesmo mês. Clique nas imagens acima e entenda o motivo que cada um dos oito personagens carrega para melar a comemoração dos donos da casa.

Abaixo, colocamos os principais candidatos a estragar a festa brasileira na Copa das Confederações. Vote e escolha seu favorito. 

Copa das Confederações: confira os candidatos a vilão do Brasil no torneio entre seleções

Sem mais artigos
Sair da versão mobile