Um dos eventos do UFC mais esperado dos últimos tempos, a edição 140 foi marcada por um recorde histórico. Na luta de abertura do card principal, Chan Sung Jung bateu o canadense Mark Hominick em apenas sete segundos.

Com essa marca, o zumbi coreano, como é conhecido Jung, igualou a marca de Todd Duffe que bateu Tim Hague no mesmo tempo no UFC 102.

Atleta da casa, logo após a derrota Hominick demonstrou uma grande decepção com o sua atuação ante o coreano.

“Eu entrei na luta com muita vontade, e estou desapontado com o que aconteceu. Eu normalmente não começo a luta dessa forma, mas hoje me deixei levar pela emoção de lutar em casa e acabei sendo castigado. Peço desculpas por ter desapontado meus fãs”, disse.

A marca alcançada por Jung foi confirmada por Dana White, presidente do UFC em seu Twitter. “Empatado para o nocaute mais rápido da história do UFC”, escreveu o dirigente em seu perfil.

Sem mais artigos