Nesta quarta-feira (19), o Corinthians oficializou a assinatura do acordo que irá possibilitar a retirada dos dutos da Petrobras que estão instalados no terreno onde está sendo construído seu novo estádio, em Itaquera, Zona Leste de São Paulo.

Segundo comunicado publicado no site oficial, serão gastos cerca de R$ 7 milhões descontadas as isenções fiscais a que obras na região têm direito e as obras terão início imediato, com duração de 60 dias. A pressa se justifica para não haver atrasos no cronograma. 

A empresa que fará a intervenção é a SACS, que é credenciada junto à Transpetro, subsidiária da Petrobras responsável por dutos. Além disso, a Odebrecht, construtora responsável pelo estádio, dará o apoio necessário e a estatal fará a supervisão dos trabalhos. A obra é necessária para que seja concluída a fase de terraplenagem. 

O estádio deve ser confirmado nesta quinta como sede da abertura da Copa do Mundo.

Sem mais artigos