A torcida corintiana não vai esquecer a noite desta quarta-feira (2). O Tolima venceu o Corinthians, na Colômbia, por 2 a 0 e provocou um dos maiores vexames dos últimos tempos no futebol brasileiro.

Com dois gols no segundo tempo e uma equipe apática durante todo o jogo, o time paulista foi a primeira equipe brasileira a não passar para a fase de grupos da Taça Libertadores da América.

Logo no primeiro minuto de jogo, o Corinthians levou o primeiro grande susto. Medina recebeu lançamento e, depois de limpar duas vezes, chutou rente ao poste direito de Julio Cesar. Talvez fosse um aviso de que algo ruim estava para acontecer.

Porém, o primeiro tempo encerrou como começou: 0 a 0, apesar das grandes chances desperdiçadas pelo time da casa.

Mas, aos 20 minutos do segundo tempo, Santoya recebeu belo passe de Chara e a linha de impedimento do Corinthians não funcionou novamente. O atacante tocou na saída de Julio Cesar e abriu o placar.

A situação ficou ainda mais complicada quando, aos 25, Luis Ramírez, que tinha acabado de entrar, foi expulso depois de tentar acertar uma cotovelada no adversário.

Sete minutos depois veio o golpe final. Murillo cruzou pela direita e Medina, sozinho, tocou de cabeça para o fundo do gol: 2 a 0 e fim do sonho corintiano de conquistar a Libertadores.

Com o resultado, o Deportes Tolima entra para o Grupo 7 do torneio intercontinental e enfrentará Cruzeiro, Estudiantes (Arg) e Guarani (Par).

Sem mais artigos