A diretoria do Corinthians está confiante em fechar as cotas de patrocínio de camisa para 2011 com o segundo maior valor do mundo. De acordo com o jornal ‘O Estado de S. Paulo’, o clube paulista chegaria a uma receita de R$ 62 milhões, ficando atrás apenas do Barcelona, que arrecada R$ 69 milhões por ano.

A diferença entre o Corinthians e os demais que disputam a dianteira com relação aos patrocínios de camisa é que os clubes europeus têm apenas uma marca estampada em seus uniformes, já o Timão distribui logomarcas por todo espaço possível de sua camisa.

Além disso, o time de Parque São Jorge tem um acordo com Ronaldo, a principal estrela do clube, onde concede ao craque grande parte da verba arrecadada com a negociação destes espaços no uniforme.

Sem mais artigos