O atacante português do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, afirmou que é “melhor que Messi e o Real Madrid é melhor que o Barcelona”, em entrevista ao programa “World Sport” do canal “CNN” que será exibida nesta sexta-feira.

Em seguida, o português resolveu ser um pouco mais modesto e ressaltou que “não se pode comparar uma Ferrari e um Porsche porque usam motores diferentes”.

Na entrevista, o atacante português reconheceu que seu objetivo na temporada era ganhar o Campeonato Espanhol com o Real Madrid. “É a primeira vez e estou muito feliz, pois é o troféu mais importante”, declarou.

“Penso que será difícil igualar um ano tão bom como este, pois a liga espanhola é a mais difícil do mundo e competir com o Barcelona, como todo o mundo sabe, é muito complicado, mas no final acabamos a nove pontos deles e, por isso, foi um ano assombroso”, acrescentou.

Quando questionado se o Real era melhor que o Barça, Cristiano Ronaldo foi claro ao afirmar que “os pontos falam por si só, nove pontos separaram os times e isso é muito na Espanha. Nós jogamos melhor que eles neste ano, disso tenho certeza”, disse.

“Lembro quando há um mês os vencemos por 2 a 1 e ninguém pôde fazer igual, é muito difícil ganhar a Liga. Nós somos melhores que eles neste momento, mas temos que respeitá-los porque também são uma grande equipe”, continuou.

Sobre José Mourinho, o atacante declarou que o técnico português é “muito humilde, sempre brincamos e contamos histórias engraçadas. Como treinador, é completamente diferente. É sério e profissional, e talvez por isso tenha todos os títulos que tem. Para mim,é o melhor, não só porque trabalho com ele, mas por suas táticas e por seu trabalho de motivação com os jogadores”

Como não podia ser diferente, a entrevista também abordou a comparação com o argentino Lionel Messi e, embora tenha reconhecido que às vezes se cansa dessa situação, Cristiano Ronaldo não se furtou a exaltar o talento de ambos.

“Ele faz o melhor no Barcelona e eu faço o melhor no Real Madrid e os números dizem tudo. Foi assombroso, pois ele bateu seu recorde e eu bati o meu. Essa é a razão da competição ser tão intensa e explica porque o Real Madrid e o Barcelona são as melhores equipes do mundo”, comentou o português.

Sobre a final da Liga dos Campeões, Ronaldo considerou que “talvez muita gente pense que o Bayern de Munique ganhará fácil, mas não se pode esquecer que o Chelsea bateu o Barcelona. Será uma boa partida”, previu.

Em relação à desclassificação do Real na semifinal da competição diante do Bayern na disputa de pênaltis, quando ele desperdiçou uma das cobranças, o português foi taxativo: “Foi um dos piores dias em minha carreira esportiva”. 

Sem mais artigos