Chateado com a saída de Di Maria e Xabi Alonso, jogadores que considerava fundamentais para o sucesso do time do Real Madrid, o atacante Cristiano Ronaldo está decidido a deixar o clube espanhol e retornar ao futebol inglês. A informação é do diário Sunday Express, que coloca o mau momento vivido pela equipe no Campeonato Espanhol, onde ocupa apenas a 14 colocação, como um dos agravantes.

De acordo com a publicação inglesa, o desejo do astro português é vestir novamente a camisa do Manchester United, clube que defendeu de 2003 a 2009. Dois obstáculos, contudo, devem impedir que a transferência acontece na abertura do mercado internacional, no início de 2015: a resistência do técnico Louis Van Gaal, que já realizou diversas contratações e não vê o motivos para trazer Cristiano Ronaldo, além do valor exigido pelo Real Madrid para tirá-lo do Santiago Bernabéu, cerca de 75 milhões de euros (cerca de R$ 225 milhões), por já ter cumprido a maior parte do compromisso que vai até 2018.

Com os empecilhos no United, que investiu pesado para tirar Di Maria do Real Madrid, Cristiano Ronaldo estaria disposto até a defender um dos maiores rivais do clube inglês: o Manchester City. Segundo o Sunday Express, o atual campeão inglês estaria disposto a tudo para contar com o craque português, que tornaria o time ainda mais forte, além de ajudar muito no faturamento por se tratar de um excelente produto de marketing.

 

Sem mais artigos