No dia 13 de janeiro a FIFA irá anunciar o vencedor da Bola de Ouro, em Zurique, na Suíça. Messi, Cristiano Ronaldo e Ribéry são os finalistas, mas parece que o português não está muito empolgado com a chance de ser escolhido o melhor do mundo novamente. Em uma entrevista ao jornal francês ‘L’Equipe’, o meia-atacante afirmou: “Já sou feliz por ter ganho em 2008”, disse.

Mas o foco da publicação foram as declarações do atleta sobre sua vida fora dos campos. Cristiano Ronaldo lançou recentemente sua própria linha de cuecas e levantou a hipótese de trabalhar com a moda após encerrar sua carreira como jogador. “Um dia eu vou parar de jogar bola e eu adoro moda”, afirmou o atleta. “Eu tenho a minha linha da Nike e agora a minha marca de roupas íntimas. Eu também pretendo desenvolver para as mulheres um dia, é um sonho. Vou continuar a trabalhar no mundo esportivo e também no da moda quando eu parar”, completou.

O atleta do Real Madrid ainda comentou sobre a influencia da sua namorada – que também é modelo -,Irina Shayk, neste seu empreendimento fora dos gramados. “Ela é muito importante na minha vida (…) e me apoia bastante”, disse o jogador, que em seguida exaltou a modelo. “Minha namorada é a mulher perfeita, ela tem tudo que eu gosto: um corpo excepcional e beleza”, destacou. Ainda sobre corpo, o jogador deixou a modéstia de lado para falar sobre o seu. “Cem por cento do êxito da minha marca deve-se ao fato de ser jogador de futebol. Se não jogo bem ou se não dou o meu melhor em campo, todo o resto se torna díficil de conseguir. Tenho a oportunidade de treinar todos os dias e é importante para minha carreira ficar em forma. Adoro ir ao ginásio, levantar pesos e sem me esquecer de me alimentar de forma saudável”, apontou o atleta.

Para finalizar, o português expôs uma outra paixão em sua vida. “Eu amo carros, esta é uma das minhas paixões. Eu tenho alguns, um Bentley, duas Ferraris, Audi, Porsche, Maserati, Lamborghini e alguns outros. Eu os amo”, disse o finalista ao prêmio de melhor do mundo.

Sem mais artigos