O goleiro são-paulino Rogério Ceni e o atacante Dagoberto, do Cruzeiro, alcançaram um importante recorde na edição de 2014 do Campeonato Brasileiro, que atualmente está com 12 rodadas disputadas. Os dois são os únicos jogadores que conseguiram marcar gols em todas as edições do Brasileirãoda Série A disputadas no formato de pontos corridos, que acontecem desde o ano de 2003.

O camisa 1 do São Paulo alcançou a marca no jogo contra o Fluminense, no Maracanã, pela sexta rodada do Brasileirão deste ano. O jogo estava 0 a 0, quando Wellington Silva fez pênalti em Antônio Carlos aos 26 minutos do primeiro tempo. Rogério converteu a cobrança, abriu o placar e chegou ao gol de número 116 de sua carreira. A partida, contudo, terminou com uma goleada da equipe carioca em 5 a 2 (veja o gol de Rogério no vídeo abaixo).

Já a marca alcançada por Dagoberto aconteceu no último final de semana, no jogo entre Cruzeiro e Figueirense. Disputado no último sábado (26), no Estádio do Mineirão, o duelo terminou com vitória dos mineiros por 5 a 0 e o atacante deixou a sua marcar, a primeira na atual edição do Brasileirão, após belo cruzamento de Mayke.

Apesar dos recordes alcançados por Ceni e Dagoberto, o maior artilheiro da história da era dos pontos corridos no Brasileirão é o incansável Paulo Baier. Mesmo sem ter disputado a edição de 2012 da Série A, o veterano meia, que atualmente defende as cores do Criciúma, já marcou 103 gols desde que o torneio mudou seu formato.

Os 47 gols de Ceni em edições de pontos corridos do Brasileirão:

2 em 2003
2 em 2004
10 em 2005
7 em 2006
7 em 2007
3 em 2008
2 em 2009
4 em 2010
2 em 2011
3 em 2012
2 em 2013
3 em 2014

Os 68 gols de Dagoberto em edições de pontos corridos do Brasileirão:

8 em 2003 (*Atlético-PR)
12 em 2004* 
1 em 2005* 
1 em 2006* 
7 em 2007 (**São Paulo)
6 em 2008** 
7 em 2009**
7 em 2010**
8 em 2011**
6 em 2012 (***Internacional)
4 em 2013***
1 em 2014***

Veja abaixo a lista dos 103 gols de Paulo Baier na era dos pontos corridos:

9 em 2003 – Criciúma
15 em 2004 – Goiás
8 em 2005 – Goiás
10 em 2006 – Palmeiras
13 em 2007 – Goias
14 em 2008 – Goiás
8 em 2009 – Atlético-PR
9 em 2010 – Atlético-PR
5 em 2011 – Atlético-PR
9 em 2013 – Atlético-PR
3 em 2014 – Criciúma

Sem mais artigos