O presidente do UFC, Dana White, voltou a mostrar ser contra qualquer tipo de preconceito. Dessa vez, o dirigente teve como alvo o boxeador Floyd Mayweather que disse que o chinês Jeremy Lin, nova sensação do basquete americano, só tem publicidade por ser de origem asiática.

“Sim Floyd, você é racista. Suas declarações foram racistas. Sei que falo para milhões de pessoas, então cale a boca”, disse White em entrevista ao canal Fuel.

Logo em seguida, o dirigente lembrou outra provocação barata de Mayweather que teria tentado ofender Manny Pacquiao.

“Floyd mandou Pacquiao fazer sushi. Sushi é do Japão e ele é das Filipinas, bobo. Em vez de falar besteira no Twitter, você devia entrar no ringue e fazer uma luta para os fãs do boxe. Lute contra Pacquiao, todo mundo, inclusive eu, quer ver. Se cale, e faça a luta”, completo.

Recentemente, Dana White já havia mostrado ser rígido ao expulsar Miguel Torres do UFC por ter feito uma brincadeira sobre estupro.

Sem mais artigos