Presidindo o UFC há 13 anos, Dana White é um dos grandes responsáveis pelo sucesso atual do esporte e declara com frequência que não pretende deixar o comando da companhia nos próximos anos. O chefão, contudo, já começa a pensar em possíveis candidatos para substitui-lo em um futuro próximo e o polêmico lutador Chael Sonnen surge como um dos favoritos do dirigente.

“Acho que Chael Sonnen seria fantástico para isso. Mas o problema é que ele exagera demais. Muitas vezes você não entende logo de cara se as atitudes dele são reais ou não. Chael é um cara passional. Ele conhece e ama este esporte como poucos. Mas isso não seria coisa para agora. Ele está com tantas oportunidades por ora que ficaria difícil aceitar o emprego. Tudo tem seu tempo”, disse White, durante entrevista coletiva em Berlim no último final de semana, de acordo com o site oficial do UFC.

Sonnen, que atualmente está com 37 anos de idade, segue como lutador profissional e está com luta marcada contra o brasileiro Vitor Belfort, substituto de Vanderlei Silva no UFC175, que acontece no dia 5 de julho. Porém, sua ligação com os dirigentes do UFC o coloca como postulante ao cargo de presidente, já que ele conseguiu protagonizar duas edições do TUF, uma no Brasil e outra nos Estados Unidos, além de ser o apresentador do UFC Tonight, telejornal oficial da companhia nos EUA.

Dana gosta de Sonnen e vice e versa. O lutador americano descartou recentemente criar sua própria companhia de MMA, jurando lealdade ao UFC e excluído qualquer possibilidade de uma concorrente direta no esporte.

Sem mais artigos