Parece que uma das maiores lendas do MMA atual realmente nunca pisará no octógono do maior evento do mundo neste esporte, o UFC. Dana White, o presidente do Ultimate Fighting Championship, negou novamente de forma veemente que Fedor Emelianenko possa lutar pela sua franquia.

“Fedor é uma droga. Vocês têm que lidar com esse fato. Ele está em declínio”, disse o mandatário ao site americano “TMZ”, depois de ser perguntado sobre a possibilidade do russo lutar no UFC.

Anos atrás, o Ultimate tentou a contratação de Fedor, mas o lutador negou porque queria o evento de sua luta com a marca M-1 Global, da qual é sócio. Pouco tempo atrás, o russo afirmou que lutaria no UFC, mas parece que agora ele já não faz mais parte dos planos de Dana e cia.

Com 35 anos, Fedor passou um longo período de invencibilidade no MMA. A boa sequência só foi quebrada em 2010, quando perdeu para o brasileiro Fabrício Werdum, no Strikeforce. Depois dessa derrota, o russo teve outros resultados ruins e chegou a pensar em encerrar a carreira, mas desistiu da ideia e voltou à ativa. Em seu card, Fedor conta com 33 vitórias e apenas quatro derrotas.

Sem mais artigos