O presidente do UFC, Dana Withe, nunca escondeu que gosta de estar na mídia e mais uma vez provou que fala de qualquer assunto. Desta vez, a conversa com o site MMA Junkie foi sobre a prisão do astro pop Justin Bieber,  detido na última quinta-feira (23) por dirigir em alta velocidade e fazer um “pega” com seu Lamborgini, em Miami.

Para o chefão, que já confessou ter sido “levado” na sua juventude, é compreensível as atitudes do cantor, muito pelo ambiente em que ele vive.

“Imagine que você tem 19 anos de idade e muitos milhões de dólares na conta bancária. Se isso acontecesse comigo, eu já estaria morto. É difícil lidar com toda a pressão que esses jovens enfrentam e com todas as tentações que aparecem diante de um garoto de 19 anos com dinheiro para comprar tudo o que quiser. Se você não tem as pessoas certas ao seu redor, as coisas podem ficar complicadas”, disse o “poderoso” do UFC.

Apesar da adolescência difícil em Boston, Dana White, que está com 44 anos, afirmou que jamais teve acesso a tanto dinheiro e fama como o cantor. Justin Bieber já foi solto, após pagar multa de US$ 2.500, e confessou que estava sob influência de álcool, maconha e medicamentos controlados.

Dana White, sobre Bieber: ‘Se eu tivesse a grana dele aos 19 anos, já estaria morto'

Sem mais artigos