O lateral Daniel Alves tentou hoje minimizar sua declaração de que o meia Kaká teria se equivocado ao aceitar se transferir para o Real Madrid, ao invés do Barcelona.

“O que quis dizer foi que o estilo de jogo do Barcelona se encaixaria melhor com as características de Kaká, e que eu o contrataria se fosse dirigente do clube. Se alguém se sentiu mal quanto a isso, peço desculpas, mas não disse nada de mal. Jamais pensarei que ele se equivocou, porque cada um faz o que quiser e não sou ninguém para reprovar sua decisão”, explicou.

Daniel Alves, que diz ter boa relação com Kaká, afirmou não entender a repercussão dada pela imprensa italiana à declaração.

“Falei com ele e percebi que está muito bem. É uma pessoa muito otimista e diz que vai se superar, por saber de suas qualidades”, finalizou.

Sem mais artigos