Enquanto imprensa e jogadores espanhóis fazem coro para apoiar a naturalização de Diego Costa para atuar pela seleção espanhola, em contrapartida, tem quem queira segurar o jogador do lado verde e amarelo. Daniel Alves, que joga no país da Fúria pelo Barcelona, fez um apelo público para ver o jogador do Atlético de Madrid ao seu lado sob o comando de Luiz Felipe Scolari.

“Peço a Diego Costa que tome uma decisão com a cabeça fria, pois também seria um jogador importante para o Brasil. Por alguma coisa que é o artilheiro do Campeonato Espanhol” – declarou o lateral em entrevista concedida em Seul, na Coréia, onde a Seleção Brasileira enfrenta a Coréia do Sul neste sábado.

“Essas decisões são muito pessoais e temos que respeitar o que decidir, mas sugiro que pense friamente antes que não possa voltar atrás. Não falei com ele sobre esta decisão porque não quero interferir. Diego saberá o que é melhor para ele. Se por fim decidir pela Espanha, temos que respeitar.” – disse Daniel, que ainda relembrou que sofreu o mesmo assédio espanhol anos atrás, quando atuava pelo Sevilla, em 2006, e que acabou optando por representar a seleção do Brasil.

Sem mais artigos