O atacante David Villa, que sofreu uma fratura da tíbia da perna esquerda durante a vitória do Barcelona sobre o Al Sadd, na semana passada, pelas semifinais do Mundial de Clubes, recebeu alta neste sábado Clínica Quirón, onde há cinco dias passou por cirurgia.

Os médicos realizaram em Villa uma osteossíntese, tratamento cirúrgico para a redução de fraturas ósseas através do implante de uma peça metálica endomedular, e afirmaram que o jogador de 30 anos deverá retornar aos gramados em cerca de quatro ou cinco meses.

O atacante, um dos artilheiros da Copa do Mundo de 2010, passará o Natal em casa com a família e depois iniciará o processo de recuperação. Ele é um dos três jogadores do elenco do Barça que estão machucados, junto com o meia Andrés Iniesta e o meia-atacante Ibrahim Afellay.

Sem mais artigos