Jogadores da Copa São Paulo e seus nomes exóticos

Palmeiras e Corinthians foram um dos únicos que ‘escaparam’ dos nomes estranhos

Principal torneio de futebol envolvendo jovens jogadores no Brasil, a Copa São Paulo também pode ser considerada a competição com o maior número de nomes curiosos e exóticos de jogadores. Com 104 times na disputa e mais de dois mil atletas inscritos, o que não falta é criatividade por parte dos pais das promessas da bola.

Apesar de muito dos atletas adotarem os tradicionais apelidos (que também são bem exóticos), os nomes ganham um destaque maior. Hemerson, do Atibaia, Wellesson, do Itapemirim, Ivamar, do Goiânia, Jandson, do ABC, Dieysson, do Vilhena, Raicar, do Comercial, Ledeomar, do Cacerense, e Jennerson, do Fluminense, são alguns dos mais criativos.

Há também aqueles que foram inspirados em grandes craques do futebol mundial, mas que não foram registrados da mesma forma, como Michael Platiny (escrito errado, mesmo), do Murici, de Alagoas. Rully Gullyt, do Babaçu, de Manaus, e Roberto Baggio, do São Bernardo, também estão presentes da lista da Copinha.

Rafaelson, do Vitória, Bezelhus, do Itabaiana, Manoerbson, do Sete de Setembro, Gessyan, do Sampaio Corrêa, Jardison, do Araguaína, Jeveson, do Itabaiana, Lausen, do Vila Nova, Warleson, do Atlético-PR, Eronildo, do Vitória, e James Dean, do Sport, completam nossa lista dos jovens craques com os melhores piores nomes da Copa São Paulo de 2014.

Quer conhecer todos os nomes dos craques da Copinha? O site oficial da Federação Paulista de futebol disponibiliza os dados cadastrais de cada um dos mais de dois mil jogadores. Clique aqui e se divirta!

Sem mais artigos