Todo remendado. Assim foi o Palmeiras para enfrentar o Icasa, em Juazeiro do Norte. E com nove desfalques, Gilson Kleina fez o que pôde para montar o time. André Luiz e Marcos Vinícius formaram a dupla de zaga. O segundo, por sinal, havia jogado apenas uma vez de maneira oficial com a camisa do Palmeiras. E foi através deles, com a ajuda de Marcelo Oliveira, que saiu o único gol do jogo. Após lateral, André Luiz não alcançou, Marcelo Oliveira chutou a bola em cima de Marcos Vinicius e a bola sobrou para Juninho Potiguar driblar Fernando Prass e decretar o 1 a 0, ainda no primeiro tempo.

Mesmo com a derrota, o Verdão mantém a liderança com folga. São 65 pontos, oito de vantagem para o Chapecoense, que só empatou com o Ceará. Já os três pontos fizeram o Icasa chegar aos 47 pontos, na quinta posição, mantendo vivo o sonho do acesso à elite do futebol nacional. Intensamente apoiado pela torcida que lotou o estádio Romeirão, e melhor principalmente pelas laterais, com Neilson e Roberto, o Verdão do Cariri pressionou o líder desde o início e foi quem criou as melhores oportunidades no primeiro tempo.

Pelo lado alviverde paulista, Marcelo Oliveira e Léo Gago jogaram como volantes e Wesley improvisado na armação, auxiliado por Alan Kardec. Leandro e Ananias na frente. Mas a tentativa não deu certo. No intervalo, Felipe Menezes substituiu Marcos Vinícius, e o time retomou a formação que vinha utilizando, mas a pressão no segundo tempo não venceu a proposta do time cearense de explorar os contra-ataques. O Palmeiras agora pensa no Bragantino, próximo adversário, sexta-feira, em Bragança Paulista. O Icasa também joga em São Paulo, frente ao São Caetano, no ABC paulista.

Sem mais artigos