Vicente del Bosque, técnico da seleção espanhola, afirmou nesta quarta-feira que acredita “em um esporte absolutamente limpo” e por isso não lhe “afeta” a paródia da emissora francesa “Canal Plus” sobre o suposto doping dos atletas espanhois.

“Não tememos esta história”, disse o treinador, durante a apresentação do amistoso entre Espanha e Venezuela, que será disputado no dia 29 de fevereiro em Málaga.

Del Bosque declarou que tem 40 anos no futebol e que não conhece “nenhuma questão deste tipo”, em alusão ao doping.

“Não temos medo disso. Estamos, felizmente, em um país moderno, que progrediu, apesar desta situação passageira da crise, espero. Mas no aspecto esportivo demos mostras de que somos um país absolutamente moderno e que está à altura dos melhores”, frisou o técnico.

O treinador espanhol destacou que independentemente de haver algum “caso isolado” de doping, “no mundo do futebol, que é um esporte coletivo, é praticamente impossível”, e que não “soube do caso de ninguém”.

Os polêmicos comerciais começaram a ser veiculados pelo “Canal Plus” após a condenação do ciclista Alberto Contador, então tricampeão da Volta da França. O espanhol perdeu um dos títulos, por conta do doping constatado em 2010.

Sem mais artigos