Vicente del Bosque, técnico da Espanha, defendeu o tratamento “especial” dado ao capitão Iker Casillas, que foi convocado para a partida contra a Finlândia, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, e o amistoso perante o Chile, encontros para os quais não assegurou o goleiro como titular.

“Tenho uma ideia do que vamos fazer, mas temos que comprovar o estado físico, técnico e mental de todos os jogadores. Em função disso, veremos nos treinamentos como ele está”, respondeu Del Bosque sobre a condição de Casillas como titular.

O técnico espanhol pediu respeito com o capitão e explicou a razão pela qual considera vários jogadores como casos especiais. No ano passado foi a vez de David Villa, após sua grave lesão, e agora Iker Casillas, que continua sendo titular para Del Bosque, apesar da reserva no Real Madrid.

“Além de Iker, há alguns mais especiais. Por justiça, um treinador não pode tratar todos por igual. Não se pode tratar o que chega da base igual que ao que está 15 anos no clube. Há algumas diferenças”, opinou.

“Claro que em nossa seleção, considero todos aqueles que tiveram muitas partidas conosco como especiais, mas ser absoluto em algumas coisas é impossível. Há alguns com maior competência do que outros”, disse.

Sem mais artigos