O técnico do Manchester United, Alex Ferguson, ficou incomodado com a decisão de Fábio Capello em deixar o atacante Wayne Rooney, que estava com uma leve lesão no joelho, atuando pela seleção inglesa por 86 minutos do amistoso contra o Egito. A “dependência” da Inglaterra pelo jogador deixou o treinador irritado.

“Estou decepcionado. Quando alguém joga quase uma hora no domingo e faz uma outra partida na quarta-feira, é muita coisa”, disse Ferguson.

Vale lembrar que Rooney também jogou a final da Copa da Liga Inglesa, diante do Aston Villa, mas ele começou a partida entre os reservas, uma forma que Ferguson usou para poupar o atleta.

“Não falamos com os responsáveis pela seleção da Inglaterra para termos certeza de que ele não jogaria durante toda a partida. Mas aconteceram várias mudanças, e acho que Rooney devia ter sido um dos escolhidos, sobretudo porque começou a partida com uma pequena lesão”, disse Ferguson.

Sem mais artigos