Foi uma verdadeira batalha. Em um jogo cheio de viradas e idas e vindas, o atual número 1 do ranking mundial, Novak Djokovic conseguiu vencer o britânico Andy Murray e agora enfrentará o segundo melhor do mundo, Rafael Nadal, na final do Aberto da Austrália.

Na reedição da final de 2011, foram necessárias 4 horas e 50 minutos para que Djoko batesse Murray com parciais de 6/3, 3/6, 6/7, 6/1 e 7/5. O sérvio teve a chance de fechar o jogo mais facilmente no nono game do último set, quando sacou com 5/3, mas teve seu serviço quebrado. Mas o que parecia ser uma reação do número 4 do mundo acabou quando Djokovic conseguiu a quebra no 12º game e fechou a partida.

Djocovic buscará o tricampeonato do torneio. O sérvio já brilhou na Austrália nos anos de 2008 e 2011. Já Rafael Nadal venceu em 2009 e busca o bicampeonato do Grand Slam.

Esta será a 30ª ocasião que Nadal e Djokovic se enfrentarão, com um balanço de 16 vitórias para o espanhol e 13 para o sérvio.

Sem mais artigos