Foi necessário apenas um jogo e dois gols para que Maikon Leite fizesse a diretoria do Santos repensar sua situação dentro do clube e repensasse a saída do meia que já possui um pré-contrato com o Palmeiras.

O jogador foi bem no jogo de estreia do Peixe no Campeonato Paulista e, aproveitando os desfalques de Elano, Ganso e Neymar, ajudou o Santos a vencer o Linense por 4 a 1. Com isso, Roberto Faustim, procurador do atleta já admitiu que Maikon Leite ainda pode ficar no atual clube.

“A gente continua conversando. No futebol tem de tudo”, afirmou Faustim em entrevista ao ‘Diário de S. Paulo’.

A diretoria do Santos também já admite a possibilidade de rever o caso para poder contar com o jogador no futuro.

“Não sabemos sobre o pré-contrato assinado por ele com o Palmeiras, mas se o Santos quiser renovar por dois, três, cinco anos, é perfeitamente possível”, afirmou Luciano Moita, diretor jurídico do clube santista.

De acordo com o Palmeiras, no pré-contrato assinado por Maikon Leite existe uma cláusula que prevê o pagamento de uma multa caso o Santos resolva continuar com o atleta. O valor não foi revelado.

Sem mais artigos