Segundo informação do jornal The Times, a passagem do ex-tenista americano Jimmy Connors como técnico da russa Maria Sharapova não durou mais que uma única partida. Logo após a derrota para a jovem Sloane Stephens, de apenas 20 anos, na última terça-feira (13), a musa demitiu o treinador.

Com um desempenho muito abaixo do esperado por ela na estreia do WTA Premier de Cincinnati, a russa fez questão de dar fim ao curto ciclo de Connors como seu treinador, que havia sido contratado ao fim do Grand Slam de Wimbledon.

Flagrado fazendo alguns movimentos de bastante irritação durante o desempenho de Sharapova contra Stephens, Connors, que foi contratado para auxiliar a tenista na preparação no piso duro, já que ele foi campeão do US Open em cinco oportunidades na década de 1970 e 1980, não gostou do que viu e foi dispensado pela tenista.

Sem mais artigos