Foi quase. A poucos dias do final da janela de transferências na Europa, Gareth Bale acabou com a novela que envolvia sua saída do Tottenham rumo ao Real Madrid. Só que nem todas as sondagens tiveram finais felizes como esse para quem queria ver o troca-troca de jogadores ou sentir o seu time reforçado neste início de temporada europeia.

Vários jogadores que estiveram em vias de sair e linkados até a mais de um clube acabaram permanecendo ao fim desse dia 2 de setembro, último dia possível para troca. O goleiro da Seleção Brasileira, Júlio César, é um dos nomes que mais estiveram pipocando na imprensa europeia e brasileira, já que o seu time, o Queens Park Rangers, foi rebaixado na última Premier League e ninguém apostava que o camisa 1 do Brasil ficaria em um time de segunda divisão. Erraram.

Wayne Rooney é outros que viveu novela. Com a aposentadoria de Alex Ferguson e a vinda de David Moyes, o inglês perdeu espaço, já que o técnico era seu desafeto desde que trabalharam juntos no Everton. O atacante, então, quase foi para Arsenal, Chelsea, Real Madrid e PSG, mas acabou ficando em Old Trafford.

Aqui no Brasil também temos exemplos. O zagueiro pentacampeão mundial Lúcio não será mais aproveitado no São Paulo, e até agora nenhuma proposta foi feita para a contratação do experiente jogador de 35 anos e diversos títulos no currículo. Quem se habilita?

Veja na galeria acima mais casos de não contratação.

Sem mais artigos