O técnico do Chelsea, Roberto Di Matteo, declarou nesta terça-feira que sua equipe é suficientemente boa para superar o Manchester City nesta quarta-feira no estádio Etihad, onde os ‘Citizens’ ganharam as 14 partidas que disputaram na atual edição do Campeonato Inglês.

O técnico que substituiu o português André Villas-Boas disse não ter dúvida sobre a capacidade dos ‘Blues’. “A classificação mostra que eles (Manchester City) ganharam mais jogos que nós nesta temporada, mas somos um time muito competitivo”, declarou o italiano, de acordo com informações da agência britânica “Press Association”.

Apesar do retrospecto positivo em casa, a perda da liderança do Campeonato Inglês e a eliminação na Liga Europa são motivos para o treinador acreditar que a boa fase do Chelsea será suficiente para derrubar o adversário.

“Sei que ganharam seus 14 jogos no campeonato e que são muito fortes em casa. Disso, aliás, todo mundo sabe, mas toda sequência tem seu final”, afirmou Di Matteo.

Após a saída de Villas-Boas, o Chelsea vem de quatro vitórias seguidas sob o comando do treinador italiano, duas pela Copa da Inglaterra, uma no Campeonato Inglês e outra na Liga dos Campeões.

Na partida em Manchester, Di Matteo não poderá contar com o capitão Terry, contundindo, mas torce pela manutenção da boa fase de Fernando Torres, que marcou duas vezes contra o Leicester e quebrou jejum de 25 jogos sem balançar as redes.

Do lado do City, os desfalques do também italiano Roberto Mancini serão os defensores Kompany, capitão da equipe, e Lescott, ambos contundidos.

Sem mais artigos