O atacante Diego Costa, do Atlético de Madrid, revelou nesta quarta-feira (05) a grande ansiedade de entrar em campo no amistoso da seleção espanhola contra a Itália, para colocar fim a polêmica sobre a desistência de defender a seleção brasileira.

“Tenho vontade de mostrar meu valor, por tudo o que se falou e por tudo o que aconteceu nos últimos meses. Tenho uma vontade tremenda de jogar esta partida”, disse o goleador, em entrevista ao site da seleção espanhola.

O jogador nascido em Lagarto, no Sergipe, admitiu que se incorporou de maneira tímida ao grupo que se prepara para o amistoso contra os tricampeões do mundo.

“Tinha um pouco de medo do que iria acontecer, mas me surpreendeu bastante. As pessoas aqui me tratam muito bem, não vejo diferenças de tratamento para ninguém. Vejo um grupo muito unido”, garantiu Diego Costa.

O atacante, que se destaca pelo forte temperamento, garantiu que dentro de campo não haverá um comportamento retraído, como aconteceu na chegada a concentração da Roja.

“Quero apresentar o mesmo ou mais do que apresento em minha equipe, para tentar ser importante e útil dentro da seleção”, afirmou o centroavante.

Sem mais artigos