Nesta terça-feira (28), o diário inglês Daily Mail noticiou uma provável transferência do goleiro Júlio César, do Queens Park Rangers, ao Grêmio. Em contato com o Virgula Esporte, Rui Costa, diretor-executivo do clube gaúcho, negou o interesse e qualquer contato com o camisa 1 da Seleção Brasileira, reiterando que o titular da meta tricolor é Marcelo Grohe.

“Trata-se de um grande profissional, mas não é prioridade do Grêmio agora. O titular é o Marcelo”, disse o dirigente gaúcho.

O jornal inglês lembra que Júlio foi titular somente em um jogo nesta temporada (derrota por 4 a 0 para o Everton na Copa da Inglaterra) e quer um time para jogar com o intuito de chegar bem na Copa do Mundo, já que ele foi garantido pelo técnico do Brasil, Luiz Felipe Scolari, no torneio.

A imprensa europeia havia noticiado sondagens de Sunderland, Cagliari e Sampdoria – mais recentes -, além de Benfica e Roma, mas nenhuma negociação avançou. O próprio técnico do QPR havia dito que Júlio César precisaria sair do clube para jogar.

“Não estamos atrapalhando o Júlio e não estamos pedindo nada por ele. Ele tem que jogar e ele pode jogar em qualquer lugar por qualquer time. Ele só tem tido falta de sorte”, opinou o treinador Harry Redknapp, que sempre se mostrou tranquilo quando o assunto é o arqueiro brasileiro.

Com a saída de Dida para o Internacional nesta temporada, o tricolor conta somente com goleiros jovens em seu elenco (Busatto [foto abaixo, à esquerda], 23; Follmann, 21; e Tiago, 20). O titular Marcelo (foto abaixo, à direita) tem 27 anos. Ainda segundo Costa, o atual vice-campeão brasileiro, porém, está no mercado para contratar um atleta para a posição.

“Estamos buscando um goleiro experiente para compor elenco, mas não há negociação (com Júlio César), não houve qualquer contato”, disse Rui Costa.

Apesar de garantir a atual titularidade de Marcelo Grohe, o Grêmio busca um jogador que “não se contente” com a reserva, até porque Dida foi o titular durante todo o ano de 2013.

Sem mais artigos