O sérvio Novak Djokovic, número 1 do ranking da ATP, venceu neste sábado o tcheco Tomas Berdych, de virada, por 2 sets a 1 (4-6, 6-3 e 6-2), na semifinal do Masters 1000 de Monte Carlo.

Djokovic encontrou mais dificuldades do que o esperado para derrotar um rival a quem tinha batido em 9 das 10 vezes nas quais se enfrentaram. Após perder o primeiro set, o melhor tenista da atualidade, que quase desistiu do torneio devido ao falecimento de seu avô, encontrou seu melhor jogo no segundo set e forçou a realização do terceiro, no qual manteve o ritmo e fechou a partida.

Djokovic enfrentará amanhã, na decisão, o vencedor do duelo entre o espanhol Rafael Nadal e o francês Gilles Simon.

Sem mais artigos