Um dos adversários do Brasil na próxima Copa do Mundo poderá ter um treinador de renome no seu comando. Guus Hiddink é um dos nomes cogitados para assumir a seleção da Costa do Marfim no próximo Mundial, pelo menos esse é o desejo de Drogba.

“É verdade. Eu tenho a chance de dirigir a Costa do Marfim. Drogba me pediu em nome dos jogadores. A federação de futebol do país tem o mesmo desejo”, disse Hiddink.

No entanto, assumir a Costa do Marfim não será tão simples para o treinador russo. O técnico tem acordo com a Rússia até o fim da Copa do Mundo de 2010, mesmo a seleção não estando na competição. Além disso, Hiddink já tem um pré-acordo com a Turquia para depois do torneio.

Para conseguir deixar a Rússia e comandar a Costa do Marfim, o treinador teria de acertar um acordo com Sergei Fursenko, presidente da Federação Russa de Futebol. No entanto, a relação entre Hiddink e o líder da entidade não é das melhores, o que levou ao término do seu vínculo.

Com Drogba, o treinador fez um excelente trabalho na última temporada pelo Chelsea. O técnico assumiu a equipe após a demissão de Felipão e conseguiu a conquista da Copa da Inglaterra.

Sem mais artigos