Um dos responsáveis pela escolha do Brasil para ser sede da Copa do Mundo de 2014, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não gostou das críticas feita à organização do evento e aproveitou o lançamento do edital do trem-bala Rio-São Paulo, na tarde desta terça-feira (13), para rebater aqueles que são contra a realização da competição no país.

“Terminou uma Copa do Mundo na África do Sul agora e já começam a dizer: ‘cadê os aeroportos brasileiros, os estádios, cadê os corredores de trem brasileiros, cadê os metrôs brasileiros’, como se nós fossemos um bando de idiotas que não sabem fazer as coisas e definir as nossas prioridades”, afirmou.

O pronunciamento do presidente veio logo depois das alfinetadas públicas do secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, que admitiu estar preocupado com as obras de estádios e infra-estrutura no Brasil.

Durante evento do Governo, presidente Lula rebate críticos da Copa no Brasil

Sem mais artigos
Sair da versão mobile