Em reunião realizada nesta segunda-feira no Palácio dos Bandeirantes entre o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, o governador do Estado de São Paulo, Alberto Goldman, e o prefeito da cidade paulistana, Gilberto Kassab, ficou definido que a abertura da Copa de 2014 será realizada na Arena de Itaquera, futuro estádio do Corinthians.

Os dirigentes não deixaram claro, porém, quem irá bancar a extensão do projeto – o Corinthians quer construir uma arena para 48 mil pessoas e a Fifa exige 65 mil lugares para que o primeiro jogo seja realizado no local. 

“O que podemos fazer são as ações de infraestrutura, saúde e segurança, para que a Copa seja realizada com todo o sucesso”, disse Goldman.

Ricardo Teixeira ainda aguarda a entrega do projeto do estádio corintiano ao Comitê Organizador Local. Só assim a arena poderá ser analisada para saber se está adequada às necessidades impostas pela Fifa, mas o dirigente confia que não haverá problemas.

“Eu sempre acreditei que a abertura da Copa seria em São Paulo”, afirmou o presidente da CBF.

O Corinthians já descartou utilizar fundo financeiro próprio para bancar o projeto maior. A diretoria acredita que o dinheiro deve vir da Fifa ou do governo.

Sem mais artigos