Para Eike Batista, se aventurar em novos ramos e desafios não é nehuma novidade. Nesta sexta-feira (9), o empresário brasileiro anunciou a compra da empresa de esportes e entretenimento Brasil1 pela IMX, joint venture foramada em parceria com a multinacional IMG.
Com a aquisição, o bilionário levou os direitos do UF e mais 58 projetos previstos para 2012. O plano de Eike é investir cerca de R$ 500 milhões na companhia nos próximos trÊs ou quatro anos.

Eike, cujos negócios vão desde a geração de energia por termelétricas ao setor hoteleiro, passando por petrolíferas, agora vai atuar na promoção de eventos esportivos e de entretenimento, além de gerenciar carreiras de atletas e modelos, áreas em que a sócia estrangeira já tem grande experiência. Outro ramo da IMX é o de construção, operação e gestão de arenas, estádios e centros de convenção.

A companhia já está de olho na possível concessão do Maracanã à iniciativa privada após a Copa do Mundo de 2014. Mesmo sem detalhes sobre as regras de uma provável licitação, Eike disse em entrevista a Agência Estado que sua ideia é transformar o estádio carioca em um polo de entretenimento.

– Vamos ser um dos que vai participar. A arena do Maracanã é fantástica se você agregar outras coisas para que as famílias possam passar lá o dia.

Sem mais artigos