Muricy Ramalho pode pagar um preço alto por ter resolvido escalar o time completo do Santos diante do São Paulo, em jogo válido pela semifinal do Paulistão, neste sábado (30). Isso porque o meia Elano, um dos mais experientes e peça-chave no esquema do Peixe, sentiu uma lesão na coxa direita e sequer viajou para o México, onde sua equipe pega o América-MEX nesta terça-feira (3), pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América. 

O veto ocorreu depois que o meia realizou uma ressonância magnética neste domingo. O exame constatou um edema na coxa esquerda. Ainda não se sabe quais serão as condições de Elano para a primeira partida da decisão do Paulistão, que ocorrerá no próximo domingo. A equipe espera o vencedor de Palmeiras e Corinthians para saber seu adversário na grande final.

Já na Libertadores, o Santos venceu o primeiro jogo contra o América-MEX por 1 a 0 e joga pelo empate. 

Sem mais artigos