No final dos anos 1980, o Napoli encantou o mundo com um time comandado por Maradona, e que contava ainda com os brasileiros Careca e Alemão, além de Ciro Ferrara, De Napoli e Carnevale. O time conquistou por duas vezes o Campeonato Italiano, nas temporadas 1986/ 1987 e 1989/1990, a Copa da Itália, 1986/1987, e a Copa da Uefa, em 1989.

Depois dessa fase áurea, o clube começou a passar por problemas financeiros, e para piorar, o grande craque e ídolo do time Maradona foi mandado embora após ser flagrado no exame antidoping por uso de cocaína. O Napoli chegou a ser rebaixado, chegando ao fundo do poço em 2004, quando, devido a uma divida gigantesca, decretou falência.

O clube ressurgiu graças ao produtor cinematográfico Aurelio de Laurentis, e da Série C do Campeonato Italiano voltou à divisão principal em 2007. Em 2011/2012 conquistou a Copa da Itália, e nessa mesma temporada voltou a disputar uma competição europeia, a Champions League.

Para a atual temporada, de 2012/2014, o clube foi um dos que mais se reforçou na Itália. Apesar de não contar mais com o atacante uruguai Edinson Cavani, artilheiro do ultimo Campeonato Italiano, negociado com o PSG, a equipe, que será dirigida pelo espanhol Rafa Benitez, se reforçou com o atacante argentino Higuaín, ex-Real Madrid, os espanhóis Pepe Reina, Albiol e Carllejón, o goleiro Rafael, ex-Santos, entre outros jogadores de menor expressão. Se esses nomes serão capazes de fazer frente a Juventus, Internazionale e Milan, só o tempo dirá. Contudo, o Napoli vem reconquistando sua posição de destaque no cenário italiano.

Sem mais artigos