Considerado um dos grandes culpados pela eliminação do Corinthians no Campeonato Paulista, o goleiro Júlio César, que falhou em dois gols na derrota por 3 a 2 para a Ponte Preta, no Pacaembu, deu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, e desabafou sobre o momento que está vivendo. Ciente da pressão, o camisa 1 do time paulista admitiu o erro, e deixou claro que acatará qualquer decisão do técnico Tite. 

“É uma situação difícil, e não quero entrar no mérito de falar sobre titularidade ou não. Acho que não estou mau, errei em dois gols sim, mas estou em um ano muito regular. Mas respeito qualquer decisão que ele (Tite) tomar”, disse o goleiro.

Questionado se teria uma reação diferente da comum ao entrar na próxima partida que será realizada no Pacaembu, contra o Emelec, daqui a 15 dias, Júlio enalteceu a sua concentração e deixou claro que, pra ele, nada mudou.

“Normalmente eu entro no jogo muito concentrado, não importando sendo dentro ou fora de casa. Claro que tem uns torcedores que ficam mais chateados, mas eu continuarei da mesma forma”.

O camisa um ainda disse que conversou com Danilo Fernandes, seu reserva imediato na posição, e que ambos falaram sobre os erros de outros goleiros, o que, segundo ele, é normal entre os atletas.

Sem mais artigos