Após a polêmica suspensão do atacante uruguaio Luis Suárez, que chamou Evra, do Manchester United, de “negro” durante uma partida, mais um caso de racismo envolvendo o Liverpool voltou às páginas dos diários ingleses. Desta vez o ato veio das arquibancadas de Anfield Road, e o alvo foi jogador Tom Adeyemi, do Oldham.

Durante uma partida válida pela Copa da Inglaterra, realizada na última sexta-feira, que terminou com uma goleada dos donos da casa por 5 a 1, os torcedores do Liverpool proferiram ofensas a Adeyemi, que saiu do sério e chegou a bater boca com os agressores e teve que ser acalmado por companheiros e jogadores adversários, como Steven Gerrard e Dirk Kuyt.

Após o ocorrido, Adeyemi fez uma denúncia e o caso vai ser acompanhado. Segundo uma nota oficial, a Football Association informou que irá apurar tudo o que aconteceu e tomará uma decisão em breve.


Sem mais artigos