O Corinthians foi eliminado nas oitavas de final da Libertadores nessa quarta-feira (15) após empatar com o Boca Juniors em 1 a 1 no Pacaembu, resultado este incapaz de reverter a derrota de 1 a 0 sofrida em La Bombonera, no jogo de ida, na Argentina.

O jogo foi marcado por lances confusos do árbitro, que anulou dois gols do Timão, além de não apitar um pênalti claríssimo e outro discutível.

Emerson Sheik, que participou de um dos lances que poderiam ter dado a chance do time de Parque São Jorge cobrar uma penalidade máxima, postou uma foto de seu filho, Emerson, no Instagram na tarde desta quinta-feira (16), e, em tom irônico, diz estar em dúvida se responde ao filho sobre a partida da última noite.

“O Emerson Filho me perguntou o que aconteceu no jogo de ontem. Até agora não sei a resposta. Não sei se digo o que eu penso, ou se conto uma historinha pra ele”, comentou.

Com mais de 233 mil seguidores na rede social de compartilhamento de imagens, alguns apoiaram a declaração do atacante, dizendo que o juiz teria sido comprado pelo clube argentino em vias de favorecê-lo. Outros fizeram questão de dar força a Émerson, apesar da eliminação, lembrando da final do Campeonato Paulista contra o Santos, no próximo domingo (19).

 

Sem mais artigos