O Real Madrid precisou de pouco mais de 60 segundos para definir o jogo contra o Milan, nesta terça-feira, no Santiago Bernabeu. Os Madridistas fizeram 2 a 0 antes dos 15 minutos e não deram mais chances para a equipe italiana. Os espanhóis mantiveram a invencibilidade e lideram o grupo G da Liga dos Campeões da Europa com nove pontos.

A partida começou com pressão total do Real Madrid. Esta pressão surtiu efeito aos 13 minutos, quando Cristiano Ronaldo bateu falta na entrada da área e a bola passou no meio da barreira, não dando chances ao goleiro Amelia. Mal deu tempo para o Milan respirar. No minuto seguinte, nova jogada de Cristiano Ronaldo e Özil chutou. A bola desviou em Bonera e passou pelo goleiro da equipe rossonera.

Depois dos gols, o Milan acordou e passou a pressionar o Real Madrid, que levava perigo no contra-ataque. Em cobrança de falta, Pirlo acertou o travessão de Casillas. Já o Real teve chances com Di María e Higuaín, mas não soube aproveitar.

No segundo tempo, o time da casa apenas administrou a partida e viu um Milan com Ronaldinho, Pato e Ibrahimovic pouco inspirado na busca por gols. Robinho, sob vaias, entrou no lugar de Ronaldinho e deu apenas um chute a gol.

Agora, o Milan, que ainda é o segundo do grupo com quatro pontos, recebe o Real Madrid em San Siro no dia 3 de Novembro.

Sem mais artigos