Movimento criado em 2013 por diversos jogadores do futebol brasileiro que cobram melhorias em sua categoria, o Bom Senso FC divulgou esta semana um vídeo em seu canal oficial no Youtube com seus principais líderes explicando uma de suas principais reinvindicações para reestruturar as condições de trabalho dos profissionais no Brasil: o Fair Play Financeiro. Usando Rogério Ceni, do São Paulo, e Paulo André, ex-Corinthians, como principais articuladores, o vídeo tenta exemplificar a proposta dos atletas profissionais.

“O que é importante é que os clubes possam pagar em dias seus funcionários, não só os atletas, mas aqueles que trabalham também em outras áreas dentro do clube. O São Paulo deve ter de 700 a 800 funcionários. Não são só aqueles 30 atletas dentro do campo. Isso aqui é uma empresa, então você tem que dar as condições de pagar seus funcionários. Hoje, na Série A por exemplo, temos casos de 10, 12 ou 15 clubes que estão com os salários atrasados com seus atletas. Agora, você imagina alguns com seus funcionários. Então nós queremos criar um modo que seja viável para que o clube possa pagar pelo serviços prestados por seus funcionários”, explicou o capitão do São Paulo.

“Existe uma solução que foi inventada em São Paulo, que se chama Fair Play Paulsita. E ela não funcionado. Por que ela faz o seguinte: sete jogadores de uma equipe tem que ir ao sindicato (dos atletas) reclamar o atraso do salário; O Sindicato comunica a Federação, a Federação dá um ultimato ao clube, que tem um prazo para pagar esses jogadores. O que acontece, quando o cara é de um time pequeno, ele prefere ficar no clube, mesmo sem receber, porque é a única oportunidade que ele tem de jogar e ser visto”, explica Paulo André. “Em contra partida, em um time grande, quando você está sem receber, o que você faz? Você não pode reclamar, porque se não você não consegue andar na rua, pela pressão dos torcedores”, completou o zagueiro do Shanghai Shenhua F.C., da China.

Além do capitão do São Paulo e do ex-zagueiro do Corinthians, o vídeo ainda mostra declarações de outras lideranças do movimento, como o meia Alex, do Coritiba, o atacante Barcos, do Grêmio, o goleiro Vinícius, do Atlético-PR, o meia D’Alessandro e o goleiro Dida, ambos do Internacional.

Assista abaixo as declarações de todos os atletas no vídeo divulgado pelo Bom Senso FC:

Sem mais artigos