O russo Fedor Emelianenko, uma das maiores lendas do MMA, foi demitido do Strikeforce, de acordo com informações do site “MMA Weekly”. A demissão veio após o russo peso pesado de 34 anos colecionar três derrotas consecutivas.

Nas últimas três lutas, o “Último Imperador”, como é conhecido, perdeu para os brasileiros Fabrício Werdum e Antônio Pezão, e também levou a pior diante de Dan Henderson no último fim de semana, em Chicago.

Além dos recentes resultados ruins, o fato de Fedor não ter uma boa relação com a Zuffa (empresa que administra o Strikeforce e o UFC) pesou na decisão de demitir o gigante russo. O principal motivo da desavença é a recusa de Fedor em lutar no UFC.

Agora, a chance de Fedor Emilianenko se aposentar é grande. Ele já havia manifestado a intenção de pendurar as luvas após a derrota para Henderson. Em seu cartel, o russo apresenta 31 vitórias e quatro derrotas no MMA, sem contar os dois títulos que levou do extinto Pride.

Sem mais artigos