Uma das empresas responsáveis pelas obras de reforma do estádio do Maracanã, a Odebrechet divulgou uma nota sobre o atraso na entrega do palco da final da Copa das Confederações deste ano e da Copa do Mundo de 2014. Inicialmente previsto para ficar pronto em dezembro de 2012, o estádio carioca só será entregue no fim de maio.

Além da Odebrecht, a Emop (Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro) também se pronunciou, garantindo que nada foi alterado e que o interior e os intramuros do Maracanã ficarão prontos em abril.

Contradizendo as duas notas, o Comitê Organizador da Copa do Mundo informou que a alteração da data foi tomada porque técnicos garantiram que o prazo era viável e autoridades do estado se comprometerem a entregar a obra.

Outra parte que sofreu algumas alterações foi o valor final da reforma. Orçada inicialmente em R$ 600 milhões, a obra carioca até agora já consumiu R$ 932 milhões.

Lembrando que o primeiro jogo do novo Maracanã na Copa das Confederações deste ano acontece no dia 16 de junho. A final acontece no dia 30. Já a primeira partida oficial da reinauguração do estádio deverá acontecerá no dia 2 de junho, no amistoso contra a Inglaterra.

Veja abaixo a nota oficial da Odebrecht sobre a entrega do novo Maracanã

“O cronograma das obras do Maracanã está mantido como previsto. Prevê a finalização das obras do estádio (interior mais intramuros) em abril e a formalidade da entrega do Maracanã à FIFA na data de 28 de maio”.

 

Sem mais artigos