Os norte-americanos, definitivamente, tomaram de assalto o futebol europeu. Nesta segunda, o grupo KSE (Kroenke Sports Enterprises), de propriedade do magnata americano Stan Kroenke se tornou acionista majoritário do Arsenal, da Inglaterra.

A empresa, que também é dona do Denver Nuggets, da NBA, e do Colorado Avalanche, da NHL, pelo valor de 731 milhões de libras (1,2 bilhão de dólares ou 1,9 bilhão de reais) e aumentou sua participação anterior comprando 16,1% que estavam de posse de Danny Fiszman e 15,9% que estavam com Nina Bracewell-Smith, totalizando cerca de 63% das ações neste momento, já que a intenção é comprar o restante em breve.

Para isso, a missão será complicada, já que há 27% nas mãos de outro bilionário, o russo Alisher Usmanov, que, ao que parece, não tem intenção de se desfazer dos papeis.

Sem mais artigos