Após as saídas de Miranda e Alex Silva, o São Paulo aposta no retorno de um ex-destaque do Tricolor para reforçar o sistema defensivo para a disputa do Campeonato Brasileiro. Na mira de Flamengo e Internacional, o zagueiro Breno é visto como um candidato para comandar a zaga do Tricolor, já que a negociação com Coates vem se arrastando mais do que esperado.

Com o beque sem espaço no Bayern de Munique, o time brasileiro fez uma proposta de R$ 4,5 milhões por 50% dos direitos federativos do defensor, que seriam bancados com a ajuda de um investidor. O clube ainda aguarda a resposta dos dirigentes alemães.

“A oferta é oficial e já foi repassada ao Bayern. O Breno tem apenas mais um ano de contrato e vai esperar o desfecho dessa situação. O Internacional também quer o jogador, mas ainda não fez nenhuma proposta. O São Paulo disse que aguarda até o final do dia porque senão vai partir para outra opção”, afirmou o empresário Guilherme Miranda, em entrevista ao site “Globoesporte.com”.

Embora confirme a negociação, o agente não mostra muita confiança sobre um desfecho positivo. Segundo Miranda, o alto valor investido pelo atleta anteriormente pode dificultar um acerto.

“Acredito que nem tanto pela questão econômica, afinal o Bayern é um clube muito rico. O problema é político mesmo. O Breno foi comprado por outra diretoria, que investiu muito alto para ficar com ele. Agora mudou a direção e eles têm medo de sofrer críticas se o venderem por um valor mais baixo. De qualquer maneira, teremos uma resposta para o sim ou para o não nesta sexta-feira”, completou.

No Brasileirão, o São Paulo está na terceira colocação, com 18 pontos, e vai enfrentar o Internacional neste domingo, às 18h30, no Beira Rio.

Sem mais artigos