Acostumados a presentear visitantes e tratar com hospitalidade os turistas importantes em seu país, os chineses deram uma demonstração de carinho e admiração a brasileiros e argentinos antes do Superclássico das Américas, que será disputado no sábado, às 9h05 (horário de Brasília). Os principais jogadores que cada equipe foram transformados em esculturas de tamanho real e expostos na entrada do Museu Olímpico de Pequim.

Neymar, David Luiz e Thiago Silva foram os jogadores escolhidos da Seleção Brasileira, sendo que o último não foi convocado por conta de uma lesão. Enquanto que Messi, Mascherano e Rojo, todos com presenças confirmadas no jogo, representam os argentinos.

Apesar de se tratar de uma homenagem, a imprensa argentina não gostou muito da reprodução feita pelos chineses. O jornal Olé criticou as obras e brincou ao citar uma ‘semelhança’ entre as seis esculturas.

“Há algo em que as obras se coincidem: nenhuma se parece com os personagens que representam”, destacou o diário.

Assista no vídeo abaixo as imagens dos bonecos registradas pela CBF TV:

Sem mais artigos