A moda do momento é criticar Dana White, presidente do UFC. Depois do ex-lutador Don Frye, o chefão do evento foi vítima de críticas de Jimmy Conrad, ex-jogador de futebol que disputou a Copa do Mundo de 2006.

“Você já jogou futebol, Dana? Sabe passar uma bola para um parceiro de equipe ao invés de um cara na terceira fileira? Você consegue correr uma longa distância, passar por um defensor e marcar por cima de um enorme goleiro? Provavelmente não. Mas como gosto de você, vou te dar a oportunidade de se juntar a mim e alguns amigos para jogar futebol. Já que você acha que para isso não é preciso talento, tenho certeza que você será a estrela. A não ser que tenha medo, lógico”, disse o atleta em um vídeo divulgado na internet.

“Por quê um cara forte como você se sente tão ameaçado pelo futebol? Talvez porque você saiba que uma coisa que uma criança de três anos pode fazer é lutar? Tenho certeza que você consegue vender uma luta entre crianças de três anos. Mas você não faria isso, porque sabe que crianças não entendem as técnicas, táticas e as sutilezas do seu esporte. O mesmo acontece com o nosso esporte”, completou.

Em seu perfil no Twitter, o mandatário do UFC respondeu o ex-jogador e disse que toparia o desafio.

A revolta do ex-atleta foi logo após Dana White afirmar que não é preciso ter talento para jogar futebol.

“Não sou um grande fã de hóquei. Mas eu respeito o quanto você tem de ser talentoso para jogar Agora, futebol? É completamente diferente. Não suporto futebol. É o esporte menos talentoso do mundo. É por isso que uma criança de três anos pode jogar. Como você pode jogar um jogo em que a rede é enorme e o placar de 3 a 1 é considerado sensacional. Está brincando comigo, né?”, disse Dana.

Sem mais artigos