Verónica Ojeda, ex-mulher de Diego Armando Maradona, anunciou neste domingo que perdeu o filho que esperava do ex-futebolista argentino, na 14ª semana de gravidez, segundo informaram os meios de comunicação locais.

“No dia de hoje, comunicado que depois de uma complicada gravidez, sofri a perda da criança e isto faz com que esteja imersa em uma profunda dor”, disse Verónica, de 35 anos, em comunicado divulgado pelo jornal Crónica.

Segundo declarações do advogado de Verónica, “a ex-mulher de Maradona tinha um útero muito debilitado”, que já tinha causado complicações em sua primeira gravidez, por isso que era preciso manter “repouso absoluto”.

A ex-mulher do astro argentino tinha confirmado a gravidez em fevereiro e a nova paternidade de Maradona, com quem um ano antes teve o pequeno Diego Fernando.

No entanto, Maradona, de 53 anos, tinha desmentido que ele fora o pai do bebê que Verónica esperava.

Sem mais artigos