Após a goleada da Alemanha sobre o Brasil por 7 a 1, as piadas começaram a pintar aos montes, de brasileiros, argentinos, alemães e do resto do mundo. E não se ficaram apenas nas redes sociais, chegaram também nas pistas. Timo Glock, alemão e ex-piloto de Fórmula 1, está atualmente na DTM, uma competição de carros de turismo na Alemanha. Ele, que corre com o número 17, não perdeu a oportunidade de fazer piadas com o jogo da última terça-feira (08).

Neste fim de semana, a categoria está em Moscou, na Rússia, mas ainda vive o clima de Copa. Correndo com o número 17 este ano, Glock aproveitou a coincidência e pintou uma bandeira do Brasil ao lado do número 1 e uma da Alemanha ao lado do número 7, para representar o placar da semifinal da Copa do Mundo. Pra piorar a situação, um dos companheiros de montadora do alemão é o brasileiro Augusto Farfus, que acabou entrando na piada e tirou foto com o carro estilizado.

Glock, aliás, não é bem visto aqui no Brasil. Quando corria na Fórmula 1, em 2008, foi ultrapassado por Lewis Hamilton na última volta da corrida disputada em Interlagos, fazendo com que o brasileiro Felipe Massa perdesse o título. Não foi culpa de Glock, mas muitos brasileiros até hoje não o perdoam pelo ocorrido.

Sem mais artigos